Pular para o conteúdo

Max Martins (1926-2009)

algumas páginas do diário que o poeta paraense produzia desde 1983

 

Ele se foi dia 9, eu só soube hoje, na madruga, três dias depois, via Cena Breve. Como pode tamanho atraso dos jornais do sul maravilha em relação a esta perda? Nada justifica.

Anúncios
Não há comentários

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s