Pular para o conteúdo

Livros, gatos e mulheres

artbarnet

Will Barnet [ Woman Reading ] 1970

Diz o ditado que os gatos “comem com um olho no pires e outro no peixe”, as mulheres quando lêem não são diferentes.

 

imagem extraída do blog  O silêncio dos livros

Anúncios
8 Comentários Comente
  1. interaubis #

    que mina de ouro esse site dos livros! (aqui entra um sorriso bem grande)

    2 de dezembro de 2008
  2. Menino, sabe que eu pensei em você, nas suas coisas, quando vi o blog?
    Bjs, L.

    2 de dezembro de 2008
  3. Renato #

    Poxa vida, o blog dos livros é muito show.

    Deixa eu continuar nossa conversa. Olha, vou levar em consideração sua sugestão de começar um blog sem fazer alarde. Entretanto, depois de umas garrafas de vinho, andei pensando em algo mais excêntrico: um blog secreto. Imagine as pessoas comentando.

    — Você conhece o Paradoxo do Japonês?
    — Paradoxo do Japonês? O que é isso?
    — É um blog.
    — Ah… um blog. E é legal?
    — Não sei, nunca vi. É um blog secreto.
    — Secreto?! Como assim?
    — É um blog que só o autor tem acesso. Ninguém tem o link.
    — Fala sério! Blog que ninguém pode acessar? Isso não faz sentido.
    — Pois é, e é por isso que é paradoxal.

    (Silêncio)

    — Esse japonês é meio estranho, hein? Será que ele é tímido?
    — Sei lá… Tem uns japas que não têm noção.

    Bjs, Renato.

    2 de dezembro de 2008
  4. Acho que o Paradoxo do Japonês terá de ser desfeito para que haja blog…
    Estou aguardando o link. 🙂
    Bj.

    2 de dezembro de 2008
  5. Renato #

    Mandei a mensagem abaixo para seu email mas ela voltou.


    Oi Luciana
    Como vai? Tudo bem?

    Gosto muito do seu conteúdo: o do Blog e o que não está explicito nele. Acho você pós-(pós-moderna). É dificil encontrar gente assim. E tá vendo, o Paradoxo do Japonês já anda causando, criando expectativas. Ele promete ser uma promessa de sucesso, não? Mas eu não sei se ele sai. Além disso, é segredo.

    Posso fazer duas perguntas? Eu sou meio naïve no meio digital.

    1) Existe alguma “categoria” de pessoas que não tem blog mas que vivem escrevendo no blogs dos outros? Qual o nome disso? Pense no limite: uma obra distribuída intersubjetivamente. Um autor que se apropria dos espaços alheios. Isso existe?

    2) Existem blogs secretos? Eu acho que deve existir… Pelo menos do ponto de vista “potencial” sim (ou melhor, não realizado materialmente). Ah… deve existir. No mínimo para fins criminosos. Mas o meu não seria assim. Seria um blog solipsista. Será que vou lançar moda?

    Desculpa aí chegar chegando.
    Muito cordialmente, Renato.

    2 de dezembro de 2008
  6. lilivc #

    Adorei o blog dos livros! Fiz um post linkando para ele no http://www.artmonitor.wordpress.com.br Valeu a dica!

    2 de dezembro de 2008
  7. Que legal, Lili. Seu blog só tem coisa fina, está muito legal.
    Bjks, Lu

    3 de dezembro de 2008
  8. Renato, desculpe a demora em responder. Sobre as suas perguntas… você mesmo já tem a resposta, acredite. No limite, todos os mundos são possíveis. Virtualmente, se é que me entende.
    Sobre o meu e-mail,ele estava errado, eu mesma fiz o número.
    Inté.

    6 de dezembro de 2008

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s