Pular para o conteúdo

Um minuto pro comercial

Photobucket
Photobucket
Photobucket

Nada de homens, por enquanto, está decidido. Mas por que, baby? Estar acima do peso sempre machuca. Não, eu não dou assim. Parece um favor que me fazem, não durante, mas depois, em minhas auto-detonantes fantasias. A moça gorda, a última do pacote, a que sobrou. Nã-nã-ni-nã-não. Tem gente que se diz feliz gorda, eu não acredito. Mas isso pode demorar, mulher. Pode, mas eu me viro. Se vira como? Em círculos, aprendi com a Rita Cadillac, é só girar o dedinho num eterno comercial. E você aguenta? Ela não aguentou 7 anos fazendo biquinho? Eu só preciso de meses, meus, inteiramente meus e a gente gira, gira e avisa! Segue a vida. Du-vi-do, querida Quer ver? Olha como mexo bem o indicador.

Anúncios
2 Comentários Comente
  1. A torre #

    hahahahah
    A torre também duvida!

    5 de março de 2008
  2. luciana miranda penna #

    Mas não me levam a sério mesmo, né? Nem em questões tão elevadas e de fóro tão íntimo. Oh! snif, snif… ou… oba, oba!!!

    5 de março de 2008

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s