Pular para o conteúdo

O muro de FEFE Tavalera

Photo Sharing and Video Hosting at Photobucket

Tem gente que anda nas ruas procurando muros. Tem gente com coragem para atravessá-los e fazer deles tela. Tê-los inteiros para si como espaço de múltiplas entradas. Tem gente que abre essas janelas pra nós que não temos coragem de fazer o que eles fazem ou nem sabemos como ou nem é a nossa. Tem gente que olha tais janelas e tem vontade de levá-las pra casa, porque as de casa não são livres como os muros que sofrem interferências. Tem gente como eu que não pula muros, mas procura neles marcas do salto alheio e já quis carregar consigo alguns, uma fotografia não seria suficiente. Egoísmo? Talvez. Tem gente que olha e não vê nada e nada quer deles, mas os carregam em algum lugar, como uma rachadura qualquer, que um belo dia poderá irromper. Outros os olham querendo além e os levam a galerias e quem sabe quebrem paredes, que podem ser mais altas que muros. Tem gente de todo jeito, que não pula os muros, que salta e assalta os muros, tem gente que refaz os muros e desfazem(se) deles, tem gente que ganha com isso. Todos ganham com isso. Quando eu passei a primeira vez por uma obra da FEFE, eu só passei e já saí ganhando: uma referência outra entre ruas tão parecidas entre si. Reflexões e desejos maiores só vieram depois, mas o valor primeiro é o melhor de todos: um mapa outro da cidade feia. Uma janela nova no roteiro.

Anúncios
Não há comentários

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s